Categorias
Cardápios

Maratona Marmitas Low Carb

Objetivo: Ensinar a preparar marmitas rápidas, práticas, saudáveis e saborosas para o seu dia a dia.

Transformação na sua vida:

  • Aprender a se organizar;
  • Comer melhor;
  • Gastar menos.

Com apenas 250,00 reais vocês vão preparar 10 marmitas de qualidade para o seu dia a dia.

Segue a lista de compras para as Marmitas da Semana.

Vegetais:

  • 5 cebolas médias
  • 2 unidades de alho
  • 1 unidade de alho poró
  • 1 maço de salsinha
  • 150g de tomate cereja
  • 300g de abóbora cabotia
  • 30g de gengibre
  • 350g de brócolis americano
  • 350g de couve flor

Grãos e Oleaginosas:

  • 200g de castanha de caju crua e sem sal
  • 200g de grão de bico
  • 100g de lentilha

Proteínas:

  • 1 kg de filé de frango
  • 500g de patinho moído
  • 250g de filé de salmão

Organizem os potinhos para o armazenamento.

Vou usar o pote descartável BPA FREE da marca Pra Festa com capacidade para 500 gramas.

Combinações das Marmitas:

Segunda-feira:

Patinho moído

Tomate Confit

Brocolis americano

Lentilha

Terça-feira:

Salmão no forno com gengibre

Abóbora

Brocolis americano

Grão de Bico

Quarta-feira:

Frango desfiado ao curry

Tomate confit

Arroz de couve flor com alho poró

Lentilha

Quinta-feira:

Salmão no forno com gengibre

Abóbora

Arroz de couve flor com alho poró

Lentilha

Sexta-feira:

Frango desfiado ao curry

Tomate confit

Abóbora

Arroz de couve flor com alho poró

Lentilha

Espero que tenham gostado, até semana que vem.

Beijinhos!

Categorias
Cardápios

Organizando o Menu da Semana

Lista de compras Período: 08-12 Julho

 

Olá meninas! Tudo Bem?

Segue minha listinha de compras para a semana;
Com esses itens vou ensinar pratos rápidos e que vão compor a marmitinha do trabalho de vocês ou os pratos da casa.

Com essa organização, vocês vão economizar tempo, dinheiro e comer melhor !!!
Não é incrível ?
Tudo depende de disciplina, planejamento e organização.

Espero que gostem dos conteúdos e utilizem bastante !!
Receitas que preparadas semana :

 

1) Prato 1: Risotinho Low Carb com palmito
2) Prato 2: Frango crocante com molho de iogurte e hortelã
3) Prato 3: Lasanha de abobrinha com patinho
4) Prato 4: Bolinho de mandioquinha com frango e brócolis
5) Prato 5: Tabule de quinoa mista com vegetais

 

Listinha de compras:
 

Ingredientes para o Polpetone :
• 500g de carne moída (uso patinho moído duas vezes)
• 1 cebola picada
• 2 colheres (sopa) de cebolinha bem picada
• 1 ovo caipira
• 2 dentes de alho macerados
• Pimenta do reino a gosto
• 4 colheres de sopa de quinoa em flocos ou aveia (flocos finos)
• Sal marinho a gosto
• 200g de queijo minas padrão (usei lacfree da Verde Campo)

 

Ingredientes do molho de tomate artesanal :
• 2 colheres (sopa) de azeite
• 1 cebola grande bem picadinha
• 6 tomates italianos grandes
• 2 dentes de alho macerados
• 10 folhas de manjericão
• sal e pimenta do reino a gosto
• 2 colheres (sopa) de manjericão fresco picado

 

Ingrediente para o frango crocante:

• 200g de filé de frango (cortado em cubos)
• 4 palitos tipo de churrasquinho
• 100g de amaranto em flocos
• 100g de aveia em flocos
• 100g de quinoa em flocos
• pimenta do reino em pó
• sal marinho
• 2 dentes de alho
• 3 claras

 

Ingredientes para o molho de tomate:
• 4 tomates italianos
• 1 cebola picadinha
• 10 folhas de manjericão
• 1 colher de café de biomassa de banana verde
• 1 dente de alho bem amassadinho
• sal marinho
• azeite
 

Ingredientes do molho de iogurte com hortelã:
• 100ml de iogurte natural (desnatado ou sem lactose)
• 1 dente de alho
• 10 folhas de hortelã
• sal marinho a gosto
• Tabule de quinoa mista com vegetais

 

Ingredientes para o Tabule de vegetais:

• 250 g de quinoa (usei a mista)
• 1 cebola média bem picadinha
• 200 ml de água • Sal rosa do Himalaia
• 50 g de alho poró • 50 g de pimentão vermelho
• 50 g de pimentão amarelo
• 1 colher de sopa de azeite extravirgem

 
 

Beijinhos
Mila Cozzi

Categorias
Cardápios

Organizando o Menu da Semana

Olá meninas!

Tudo Bem?

Segue minha listinha de compras para a semana;

Com esses itens vou ensinar pratos rápidos e que vão compor a marmitinha do trabalho de vocês ou os pratos da casa. Com essa organização, vocês vão economizar tempo, dinheiro e comer melhor !!! Não é incrível ?

Tudo depende de disciplina, planejamento e organização.

Espero que gostem dos conteúdos e utilizem bastante !!

Beijos Mila Cozzi !

 

Receitas que serão ensinadas nessa semana :

  • Prato 1: Espaguete de Abobrinha com Cenoura, Patinho moído e tomate Confit
  • Prato 3: Mix de suflês de forno e frango em cubos mais salada especial
  • Prato 4: Purê de Abóbora com gengibre, couve refogada, mini hambúrguer
  • Prato 5: Peixe empanado na farinha de amêndoas com risotinho low carb
  • Prato 6: Escondidinho de baroa com frango cremoso (congelo para o meu filhinho)

 

Listinha de compras:

Cenoura (2 unidades)

Abobrinha (2 unidades)

Tomate Cereja (2 caixinha)

Abóbora Cabotia (300g)

Ervas de provance (20g)

Espinafre (1 maço)

Ovos (1 dúzia)

Amêndoas (400g)

Mix de farinha de Glúten (uso amina) (500g)

Cenoura (3 unidades)

Salsinha e cebolinha (1 maço)

Alho (3 unidades)

Cebola (10 unidades)

Abacaxi (1 unidade)

Gengibre (1 unidade pequena)

Couve (1 maço)

Batata baroa (2 unidades grandes)

Queijo minas padrão (uso lacfree – 500g)

Carne moída (patinho – 2 kgs)

Filé de frango (2 kgs)

Filé de peixe (vou usar tilapia) (1kg)

Couve flor (1 unidade)

Tomate para molho (1kg)

Aveia ou Quinoa (flocos finos) (300g)

Maças (2 unidades)

Nozes (50 g)

Castanha de caju crua e sem sal (300g)

Chips de coco (100g)

Alface (1 unidade)

Rúcula (1 unidade)

Beijinhos

Mila Cozzi

Categorias
Segurança Alimentar

Os perigos do bisfenol

Você sabia? O bisfenol A é um composto usado na fabricação de plásticos para dar resistência ao material (copos, garrafas, potes, mamadeiras, pratinhos, etc). Também está presente no revestimento interno de latas de alumínio e em diversos produtos à base de #ResinaEpóxi.

Quando submetido a variações de temperatura (congelado, resfriado ou aquecido) é LIBERADO, contaminando o alimento ou líquido que estiver dentro do recipiente.

No nosso organismo, esse composto atua de maneira semelhante à um “hormônio” e pode levar à várias doenças, alguns tipos de câncer, abortos, infertilidade, doenças coronarianas, etc.

Em crianças pequenas esse efeito pode ser ainda pior. Atualmente, por lei, utensílios feitos para crianças têm q ser livres de bisfenol (aconselho a conferir antes)! Porém, muitas mamães acabam utilizando utensílios comuns, para os pequenos.

Minhas Dicas para fugir desse mal:

Não dê às crianças (nem aos adultos) bebidas aquecidas ou geladas em copos ou garrafas plásticas descartáveis comuns!

Confira na embalagem e no próprio utensílio que vai comprar (ou que já tem em casa) se consta a informação: livre de Bisfenol A (BPA Free)!

Não armazene, aqueça ou congele, alimentos em recipientes plásticos, utilize os de vidro.

Evite o consumo de alimentos e bebidas enlatadas.

Fique alerta, essa é uma informação muito importante! .
By @nutricionistamaternoinfantil

Categorias
Dicas da Mila

Organizando o Menu da Semana

Oi amores,

Semana começando e nada melhor do que nos organizarmos ! Sei o quanto é complicado conciliar tudo ao mesmo tempo: profissão, casa, maternidade etc etc etc.

A primeira dica é: ter um cardápio facilita muito a nossa vida.

Tenha um caderno de receitas ou sites de culinária salvo no seu favoritos (pode ser o meu també rsrsrs), isso vai te ajudar muito afinal, quem gosta de comer a mesma coisa todos os dias?

A maioria das pessoas não possuem muito tempo para cozinhar e eu não sou diferente de vocês. Diante dessa realidade como eu faço? Analiso meu plano alimentar criado pela minha nutricionista Bianca Inoccencio e vejo tudo que posso fazer e deixar congelado para a semana toda.

Separo por categorias:

Carnes = preparo patinho moído e picadinho de mignon (congelo para a semana);

Frango = sempre desfiado ou triturado para as diversas receitas que utilizamos o franguinho;

Arroz integral, quinoa, feijão, grão de bico, tudo isso eu sempre tenho pronto e congelado.

As folhas para a salada eu deixo higienizadas e bem sequinhas em potes bem fechadinhos (para secar uso aquelas centrífugas próprias para folhas).

Tomatinhos sempre higienizados para montar a salada.

Cebola e pastinha de alho eu deixo congelados. Pico a cebola bem pequenininha e congelo em potinhos individuais. Imporatnte falar que não devemos recongelar então, coloque em potinhos individuais na quantidade que você vai utilizar.

A pastinha de alho é uma facilidade também: processo os dentes de alho no processador de alimentos e prontinho. Guardo, congelo e guardo em potinhos para usar a semana inteira. Gosto de colocar ervas desidratadas par air mudando o gostinho (uso ervas de provance, ervas finas)

Gostaram das dicas?

Semana que vem tem mais !

Acompanhem o meu site que todos os dias temos novidades !

Beijinhos

Mila Cozzi.

Categorias
Dicas da Mila

Planejamento: a chave do sucesso !

Oi amores,

Muitos me questionam como consigo ter tantas atividades paralelas e ainda arrumar um tempinho para me cuidar !

A palavra chave para mim é: Planejamento.

Sem ele nada seria possível.

O que mais escuto as pessoas falando é que não tem tempo. Não tem tempo para cozinhar, não tem tempo para praticar atividade física, não tem tempo para ter uma vida saudável e que são consumidas pelo trabalho.

Realmente o tempo é igual para todos nós, ele é uma constante e não podemos fazer absolutamente nada para aumentar ou diminuir o número de horas que temos por dia, isso é FATO.

O que podemos fazer é administrar a quantidade de tempo que temos e a melhor forma de fazer isso é: PLANEJAR.

Antes de tudo pergunte-se:

1) Você quer mudar seus hábitos alimentares ?

2) Você quer realmente ter uma vida mais saudável?

Perguntas respondidas você vai precisar de um Planejamento inicial. Com ele você terá mais chances de atingir suas metas e objetivos.

E falar em planejamento em alimentação é falar em CARDÁPIO !!! Ele será o seu guia.

O ideal é procurar um nutricionista para que ele oriente você, mas se isso não for possível no momento ao menos um cardápio mínimo deve ser preparado para a sua semana certo?

O da minha família eu monto assim:

Arroz, quinoa, feijão azuki, feijão carioca, lentilha sempre tenho congelados.

Quando vou preparar, capricho na quantidade para congelar uma parte e facilitar minha vida em outros momentos.

Para a semana eu defino as proteínas que irei servir durante a semana;

Exemplo:

Segunda: Filé de frango gratinado com cottage e legumes

Terça: Carne moída

Quarta: Filé de peixe

E por ai vai….

Separo um dia da semana, compro todas as proteínas, organizo e algumas eu já deixo preparadas e congeladas.

Com todos esses itens acima organizados e alguns preparados e congelados apenas completo com legumes e uma saladinha !

E vocês, como organizam a semana?

Vamos trocar idéias !

Beijinhos,

Mila Cozzi.

 

Categorias
Nutrição

Como fazer meu filho comer melhor ?

Olá amores,

Hoje é dia de Colunista aqui no site e nada melhor do que iniciarmos a semana falando de um tema tão importante e que deixa tantas mamães cheias de dúvidas. Tenho certeza que as orientações abaixo ajudarão vocês a terem resultados significativos. Mas lembre-se: a palavra chave é AMOR. Com amor podemos mudar qualquer cenário ! Muita paciência, persistência e amor. Vamos juntas mamães !

Bjs, Mila Cozzi.

Com a palavra minha amiga querida Andreia Friques, a @nutricionistamaternoinfantil :

1. COMECE COM O QUE ELE GOSTA
A partir de 2 ou 3 anos as recusas são mais frequentes, e o “eu não quero” vira hit nas refeições. Esse comportamento é normal, mas deve ser considerado como parte de um processo de aprendizagem, e não algo que vá determinar o paladar dele. Então, comece pelo o que seu filho mais gosta, nem que essa lista tenha apenas 7 alimentos. Monte o prato, por ex., com cenoura ralada, arroz e frango, e ponha na mesa uma outra verdura ou legume, como a beterraba. Dali a 3 dias, misture à cenoura um pouco de beterraba. Progressivamente, você acrescenta um novo alimento. .

2. ESTABELEÇA UMA ROTINA
Não, a idéia não é burocratizar as refeições. Mas ter horários ajuda por muitos motivos. Evita que seu filho passe o dia todo beliscando. Se você não tem uma pessoa que ajuda na cozinha, adiante alguns preparos no fim de semana, como limpar e cortar folhas e legumes.

3. TENTE NOVAS COMBINAÇÕES
Variedade é a palavra. Para colorir o arroz, cozinhe-o com beterraba ou abobrinha. O filé de frango do almoço pode ser servido desfiado com milho e chuchu no jantar.

4. DEIXE FRUTAS À MÃO
Fique na altura do seu filho e veja se você consegue pegar as frutas que estão guardadas. Se não alcançar, ou mude a fruteira de lugar ou deixe algumas unidades em um lugar de fácil acesso. Ver despertar o interesse.

5. EXPLORE A CURIOSIDADE DELE
Toda criança é um pouco curiosa e gosta de experiências. Combinem de comprar uma fruta nova por semana e experimentá-la de vários jeitos: suco, cortadinha, com outra fruta, no forno etc.

6. INSPIRE-SE NOS DESENHOS
Diga que o personagem preferido do seu filho adora comer frutas, legumes, vegetais.

7. CONVIDE-O PARA AJUDAR
Chame-o para fazer compras, peça ajuda para preparar a comida etc.

8. PREPARE REFEIÇÕES ESPECIAIS
Que tal um jantar de gala? Ou um café da manhã no quintal de casa? Quebrar a rotina pode funcionar como um estímulo também.

9. EXPLIQUE OS BENEFÍCIOS
Diga: laranja ajuda a não ficar gripado, banana evita dores nas pernas, mamão facilita o cocô sair sem doer o bumbum, cenoura ajuda a enxergar bem, etc. (Fonte: Adaptado da Revista Crescer)

Bjs,

Andreia Fiques ( instagram: @nutricionistamaternoinfantil )

Categorias
Cursos da Mila

Mila Cozzi em Manaus – 16 e 17 de Abril

Olá Manaus !!!

Dia 16 e 17 de Abril estaremos juntas com dois cursos:

16/04 – 14:00 às 18:00 hs – Dia a dia FIT
17/04 – 09:00 às 13:00 hs – Novos Doces FIT

Nesse curso vocês vão aprender a cozinhar de verdade e a fazer pratos para o dia a dia com muito sabor e facilidade.
Uma comida saudável para ser saborosa precisa de técnica e é isso que vamos aprender! Vou compartilhar com vocês técnicas que utilizo em minha cozinha e como Chef Fit do meu restaurante: @ragam_restaurante!
Cada receita será apresentada em duas versões, uma mais simples e outra mais elaborada. Essa é a proposta do nosso dia a dia fit.
Vamos aprender ainda a organizar o cardápio semanal da família. Você sabe como congelar os alimentos de forma correta para não perder nutrientes e obedecendo as normas de segurança alimentar?
Todas as receitas apresentadas possuem opções de substituição de ingredientes.

Para inscrever-se, envie para manaus@milacozzi.com.br as seguintes informações: nome, e-mail, telefone, profissão e curso de interesse, que logo entraremos em contato.

Para demais informações: manaus@milacozzi.com.br

As vagas são limitadas, esperamos você!!

Beijinhos Mila Cozzi

Categorias
Kids Nutrição Sem categoria

Plantando para nossos filhos

A maior parte dos pais das crianças que atendo no consultório têm o mesmo objetivo: gostariam que os filhos vivessem de maneira mais saudável. Estão conscientes que precisam mudar o estilo de vida familiar, no entanto, perdem-se dentro de uma realidade já estabelecida às vezes ao longo de anos. De maneira geral, a grande maioria dos lares hoje precisa de ajustes, pensando nisso, algumas dicas práticas:
• Converse com sua família sobre a necessidade de, gradativamente, mudarem seus hábitos. As crianças têm uma capacidade de compreensão e percepção muito maior que imaginamos.
• Criança precisa ter horários! Organize a rotina da casa, hora do banho, de comer, brincar, estudar, dormir.
• Criança precisa dormir cedo! Isso evita uma série de transtornos, previne doenças, e diminui a necessidade de “beliscar” à noite.
• Mantenha alimentos saudáveis ao alcance dos olhos dos seus filhos.
• Faça uma reforma na despensa e geladeira. Jogue o “lixo” fora, não traga para casa, alimentos que sabidamente fazem mal como, biscoitos tipo chips, recheados, balas, chicletes, chocolates, molhos industrializados, açúcar refinado, gelatinas coloridas artificialmente, entre outros.
• Exclua o refrigerante da vida da sua família. Além de não trazer nenhum benefício à saúde, essa bebida possui inúmeros aditivos químicos como o temido ácido fosfórico que “rouba” nutrientes do organismo e pode levar a várias doenças.
• Evite, ao máximo, alimentos embutidos como, salsicha, salame, presunto, linguiça.
• Evite, ao máximo, caldos e temperos industrializados.
• Substitua pelo menos, alguns dias da semana, o arroz branco pelo integral.
• Prefira sucos naturais, pré-prepare algumas frutas, por exemplo, manga picadinha congelada em pequenas porções, maracujá batido com pouca água e congelado em forminhas de gelo, entre outras.
• Evite adicionar açúcar nas bebidas e quando for necessário, prefira o mascavo.
• Substitua o sal refinado pelo sal marinho integral, de preferência enriquecido com ervas e outros nutrientes.
• Estabeleça o dia da farra! Combinem um dia na semana (sugiro o domingo) para que as crianças escolham algo diferente que queiram comer. De preferência, façam essa refeição fora de casa ou comprem apenas a quantidade que será consumida nesse dia para evitar sobras.
• Acredite, dá para criar receitas saudáveis e deliciosas, como pizzas, bolos, vitaminas, usando ingredientes naturais e nutritivos.
• Se for possível, procure fazer pelo menos uma refeição ao dia em família. Sentem-se à mesa, conversem, compartilhem seus sentimentos.
• Jamais force a criança a comer ou estabeleça uma relação de chantagem com o alimento. Não vai ser pelo uso da força ou de ameaças que ela desenvolverá o gosto por alimentar-se bem, ao contrário.
• Alimentação é questão de hábito. Comece aos poucos, mas comece!
• Sobretudo, seja o exemplo!

Talvez hoje tudo isso pareça um grande desafio. Porém, quando abrimos a mente e o coração, nos conscientizamos que, se queremos viver com saúde, mais do que isso, se não queremos ver nossos filhos ainda jovens hipertensos, obesos, diabéticos e com várias outras doenças, precisamos tomar certas decisões agora. Não dá para continuar com a despensa repleta de verdadeiras porcarias e querer saúde, isso é utopia! Não se trata de “bronca de nutricionista”, mas da preocupação de alguém que deseja que no futuro, seus filhos continuem saudáveis, em casa, estudando, brincando.
Um dia, todos nós sentiremos na pele as consequências das decisões tomadas hoje. E pior, ou melhor, nossos filhos colherão os frutos plantados por nós.
Um abraço e até a próxima!

Categorias
Kids

Nunca use doces como recompensa

Olá Amores,

hoje mais uma matéria super interessante com a Nutricionista Materno Infantil Andréia Friques.

Bjs
Mila Cozzi

Recompensar um criança com um DOCE quando ela tem um bom desempenho na escola …

Chegar em casa tarde do trabalho com uma sacolinha de guloseimas ( para “compensar” sua ausência)…

Sugerir que se a criança RASPAR O PRATO ganhará uma sobremesa …

Oferecer uma caixa de bombom quando estiver doente, com apetite diminuído …

Etc …

Esses tipo de “recompensas” despertam, aumentam o interesse dos pequenos doces, “super valorizam” as guloseimas, viciam a criança e podem torná-la uma compulsiva alimentar quando maior !

Quer premiar o seu filho?

Leve-o a um passeio ao ar livre!

Façam um programa diferente!

Leia uma história nova!

Diga a ele palavras de incentivo e encorajamento!

Abrace-o bem apertado e declare todo o seu amor!

Usar DOCE como premiação é uma “CILADA” que, infelizmente, tem sido cada vez mais frequente em nossa sociedade.

By Nutricionista Materno Infantil
Andréia Friques

Categorias
Kids

Seu filho parou de comer?

Oi amores!
Esse é um tema que deixa as mamães angustiadas e eu também passo por isso.
Para nos ajudar, Andreia Friques – Nutricionista Materno Infantil da algumas orientações para
triblarmos essa fase.
Bjs
Mila Cozzi

Seu filho parou de comer?
Seu bebê adorava comer quiabo, pegava florzinha de brócolis na mão e, de repente, passou a odiar tudo isso? Já não é mais aquele guloso que comia toda hora? Faz birra na hora das refeições, só quer comer da maneira “tal” e só bebe no copo verde de bolinhas amarelas?
Recebo muitas mães desesperadas no consultório e nas redes sociais:
– Andreia, de uma hora para outra meu filho parou de comer! Socorro!!!
Acalme-se, talvez você, como eu, seja mãe de um mini-adolescente! Entre 18 meses e 3 anos a criança deixa de ser bebê e deseja afirmar sua independência a toda prova. Diversos autores denominam esse período de mini-adolescência, uma etapa normal no desenvolvimento de nossos filhos, na verdade, um período de transição, que como qualquer outro, requer cuidados.
Para aqueles que ainda não chegaram a essa fase, sugiro variarem o cardápio do bebê o máximo possível, oferecendo todos os tipos de alimentos, com sabores e apresentações diferentes. Quanto mais acostumada a alimentos azedos, sólidos, líquidos, frios, mornos, etc, menos seletiva a criança será quando essa temida fase chegar. Mas se seu filho já começou a dar sinais de que algo está “errado”, anote essas dicas (e espalhe para suas amigas também), elas podem ser valiosas para uma mãe irritada com a birra do mini-adolescente:
Ignore os acessos de birra;
Continue a oferecer a comida habitual e também, novos alimentos, como fazia até o momento;
Varie bem o cardápio, crie pratos diferentes, peça a ajuda dele no preparo da comida e montagem do prato;
Retire o que ele não comer sem fazer comentários (por favor, não demonstre estar “desesperada” mesmo que realmente esteja);
Não comente sobre isso na frente dele, não use expressões do tipo: – Meu filho parou de comer, não sei mais o que fazer com esse menino…. – Não isso, não aquilo. Nossos filhos estão muito atentos ao que falamos mesmo quando parecem brincar distraidamente.
Nunca force a criança a comer, bata ou dê punições por causa da alimentação.
Não ofereça presentes para que ele volte a comer. Chantagens não levam a lugar nenhum.
Sentem-se à mesa e comentem entre vocês sobre como a comida está gostosa, como vocês todos ficarão fortes e inteligentes porque estão comendo tudo!
Não compare a quantidade que seu filho come com os filhos de suas amiga, cada criança é uma, tem uma necessidade diferente das demais.
Lembre-se, até 1 aninho o ritmo de ganho de peso da criança e o crescimento eram muito acelerados. A partir dessa idade, as curvas de crescimento são mais estáveis e isso influencia na necessidade energética e na fome da criança.
Converse com o pediatra da criança ou nutricionista e observe como ele está na curva de desenvolvimento. Se estiver tudo bem, tranqüilize-se.
Por favor, não se desespere e comece a oferecer guloseimas no lugar de comida. Se cair nessa cilada, vai ser muito difícil retomar as rédeas da situação no futuro.
É melhor que ele coma em pouca quantidade alimentos saudáveis, que um “monte” de porcarias.
Acalme-se!!!! Ele vai sentir fome e voltará a comer! Prometo! Não conheço nenhuma criança que tenha ficado gravemente doente por ter pulado algumas refeições.

Mil beijos, não sofram demais por isso, ok? Qualquer coisa estou aqui, estamos juntas!!!

Bjs
Andrea Friques
@nutricionistamaternoinfantil

Categorias
Dicas da Mila

Cozinhando no vapor

Olá amores,

A partir de hoje vou compartilhar com vocês minhas técnicas culinárias. Essa é minha verdadeira paixão…e como sempre explico em meus cursos pelo Brasil…o que parece ser um detalhe faz toda diferença!

Hoje vou falar sobre a técnica de cozinhar no vapor!

Nesse tipo de cocção os alimentos sofrem pouca alteração, mantendo a cor, sabor e principalmente os nutrientes isso ocorre porque eles não ganham nem perdem água.

Sem dúvida é uma técnica de cocção super saudável porque você não adiciona óleo, o cozimento ocorre com o calor úmido que circula ao redor do alimento.

Sempre explico sobre quantidade de água dos alimentos em meus cursos e esse é um dos fatores mais difíceis de se trabalhar na gastronomia.

O que você precisa?

Basicamente de uma panela e de um escorredor de inox.

Coloque água na panela e deixe levantar fervura, depois coloque o escorredor de inox na panela, tampe e abaixe o fogo.

Não abra a panela durante o cozimento para não interromper a circulação do vapor e, consequentemente, o processo de cocção.

Corte os alimentos em pedaços não muito grandes para que o cozimento seja rápido e uniforme.

Não fique abrindo a tampa e respeite o tempo de cozimento de cada alimento .

Alguns exemplos de como eu faço:

Abóbora – 20 min

Aspargos – 10 min

Batatas – 20 min

Brócolis – 12 min

Cenouras – 15 min

Couve-flor – 12 min

Espinafre – 6/8 min

Repolho – 12 min

Espero que tenham curtido e qualquer dúvida deixem aqui nos comentários.

Beijinhos

Mila Cozzi.

Categorias
Kids

Missão: FILHOS !

Olá amores,

Esse é um tema que me fascina porque sou mãe e essa missão é um desafio a cada dia para mim!
O desafio de trabalhar e ao mesmo tempo cuidar da alimentação dos nossos pequenos;
O desafio de chegar cansada depois de um dia exaustivo de trabalho e ainda sentar com eles para fazer o dever de casa, contar uma história e colocá-los para dormir.
O desafio de querer acertar sempre (o que nem sempre conseguimos porque somos humanas);
Mas uma coisa é certa: não podemos desistir e delegar essa Missão que é nossa!

Com a palavra minha amiga Nutricionista Andrea Friques @nutricionistamaternoinfantil :

Nós PAIS somos os RESPONSÁVEIS por nossos filhos, mesmo nos dias atuais em que muitos precisam contar com o apoio de avós, parentes e diversos profissionais no dia a dia corrido que vivemos.
Delegar EDUCAÇÃO à escola, ESPIRITUALIDADE à igreja, VALORES à sociedade, LIMITES ao pediatra, ESCOLHAS ALIMENTARES às babás ou avós, e assim por diante, é um grande engano!
Essa rede de apoio que todos nós temos e de fato precisamos, deve ser exatamente isso: um APOIO, uma complementação ao que vivemos dentro de casa!
Criar um filho é a maior MISSÃO que temos nessa vida! Podemos ser profissionais bem sucedidos, fazer bem aos outros, exercer mil papéis, NADA DISSO diminui a responsabilidade que temos como MÃES E PAIS!
Amar, Educar, Ensinar valores, Ensinar a fazer escolhas, Limites e sobretudo, SER EXEMPLO é privilégio nosso!
Fugir dessa responsabilidade pode trazer consequências graves para nossas famílias e para a sociedade como um todo!
Que futuro queremos para nossos filhos?
O que estamos fazendo para isso?

Bjs
Andrea Friques
@nutricionistamaternoinfantil

Categorias
Kids

Por que não dar açúcar ao bebê?

Olá meus amores…esses temas infantis me encantam porque também sou mamãe de um pequeno de 4 anos e desde que ele nasceu (ou melhor, desde que descobri que estava grávida) eu lia muito sobre alimentação infantil e tudo que eu deveria fazer para ele ter hábitos saudáveis.
Vejo muitas mamães que colocam açúcar no suquinho dos bebê! Eu nunca coloquei!
Até hoje,eu tento não adoçar nenhum suco do meu pequeno, compro a fruta bem madura e o saquinho fica bem docinho. E quando não tem jeito uso o açúcar demerara. Mas NUNCA açúcar branco!
Tudo é questão de hábito e de tempo. Mas garanto que vale muito!!!!
Com a palavra a nossa querida Nutricionista Materno Infantil – Andreia Friques!

“Da barriga da mamãe aos 2 aninhos” a criança vive um período crucial para a formação de seus hábitos alimentares.

Nessa fase, o bebê está provando tudo. Ele vai aprender o que VOCÊ ensinar!

Açúcar branco é caloria vazia, não tem nenhum nutriente importante para o organismo.

Quando em excesso, aumenta muito a chance de obesidade, diabetes, câncer e várias outras doenças.

Entre 1 ano e meio e 3 o apetite dos pequenos diminui e eles entram numa fase chamada “MINI-ADOLESCÊNCIA”.

Muitos “param de comer” ou tornam-se seletivos.

Aqueles acostumados a comer açúcar, certamente, enfrentarão muito mais dificuldades nessa fase e a família sofrerá mais.

Quanto mais oferecermos os alimentos adoçados artificialmente, mais o bebê vai preferir esse tipo de alimento e mais difícil será introduzir outros sabores.

O açúcar mascara o sabor original do alimento e o bebê tende a recusá-lo quando oferecido da forma natural.

O carboidrato que nós precisamos para termos energia já está presente nas frutas e nos demais alimentos em quantidades suficientes.

Adicionar açúcar, ou produtos ricos em açúcar (como p. ex., muitos engrossantes existentes no mercado), às preparações, é começar a vida dele com excessos, e, no futuro, poderemos nos arrepender! .
Seu bebê é uma página em branco! Cuidado com o q vc escreverá nos primeiros capítulos dessa história!

Beijos
Andreia Friques
@nutricionistamaternoinfantil

Categorias
Kids Sem categoria

Seu filho come mal? Então saiba 7 atitudes que podem mudar o rumo dessa história!

Seu filho come mal? Então saiba 7 atitudes QUE PODEM MUDAR O RUMO DESSA HISTÓRIA!

Agora, aqui no site, um post imperdível da @nutricionistamaternoinfantil

Esse menino não come!
Ela é ruim de boca mesmo!
Não tem jeito!
Eu já fiz de tudo, chega!
Ele odeia frutas!
Se você comer a verdura, ganha a sobremesa.
Se não raspar o prato, ficará de castigo!
Ela isso, ele aquilo”….
Muitas vezes, a rotina de cuidados diários às crianças, nos faz perder a noção do quanto nossas PALAVRAS e ATITUDES influenciam a vida de nossos filhos.
Recebo frequentemente no consultório papais e mamães de crianças de todas as idades, extremamente angustiados com seus hábitos alimentares.

Uma das coisas que mais enfatizo em nossas conversas: MUITO DO QUE FALAMOS E FAZEMOS INTERFERE NAS ESCOLHAS ALIMENTARES DA CRIANÇA!

Por isso, se você quer estabelecer uma relação POSITIVA entre seu filho e a COMIDA, sugiro:

• Diga sempre palavras de otimismo e encorajamento!
• Não faça da comida uma moeda de troca!
• Não humilhe seu filho com palavras e atitudes.
• Não subestime a capacidade de melhora dele.
• Não projete na criança SUAS EXPECTATIVAS.
• Não minta!
• Seja o exemplo!
Estamos juntos, buscando mais saúde para a nossa família!

Grande beijo,
Andreia Friques
@nutricionistamaternoinfantil

E ai amore…o que acharam?
Vamos debater o assunto e sugerir novos temas?
Queremos a participação de todos vcs!
Beijinhos,
Mila Cozzi
@milacozzi

Categorias
Kids

Apresentando: Andreia Friques ( Nutricionista Materno Infantil)

Agora minha querida amiga e parceira Andreia Friques tem um cantinho especial para falar com a gente aqui no site..vamos tratar de vários assuntos importantes relacionados a alimentação materno infantil (e sou suspeita rs porque AMO esses temas afinal, sou mãe também)! Aceitamos sugestões dos próximos temas!

Com muito carinho apresento para vcs: Andreia Friques @nutricionistamaternoinfantil

Andreia Friques é Nutricionista Materno Infantil e Enfermeira Neonatal. Desde 2002, atua na área da Saúde da Gestante, Criança e Adolescente. Possui consultório com atendimento exclusivo a esse público em Vitória ES. É palestrante, escritora, pesquisadora da Alimentação Materno Infantil e está concluindo um Mestrado na área da fisiologia.

Andreia estudou Nutrição para tentar ajudar sua filha, que possuía necessidades especiais de alimentação. Decidiu focar seus estudos e trabalho nessa área, com o objetivo de ajudar a transformar a vida de milhares de crianças em todo o mundo.

“Sem dúvidas, uma alimentação equilibrada, variada e saudável, desde a barriga da mãe, é fundamental para um melhor desenvolvimento físico, mental e emocional de nossos filhos. Hábitos alimentares inadequados trazem, a médio e longo prazo, doenças, transtornos e traumas. Por outro lado, bons hábitos alimentares previnem doenças, trazem saúde e realizações. Sou mãe como vocês e sei que, muitas vezes, a gente pensa que não vai dar conta do recado. Porém, por mais que a “vida moderna” nos imponha um ritmo frenético de trabalho e compromissos, eu acredito que é possível sim, fazermos a diferença na vida alimentar de nossos filhos. Conheci Mila Cozzi no meu consultório em 2014! Desde então, compartilhamos nossas experiências enquanto mães e profissionais com um objetivo em comum: mostrar ao mundo que podemos ser bem sucedidas em nossas carreiras, sem abrir mão de cuidar da saúde da nossa família! Aproveite as dicas, organize-se, tenha paciência e perseverança! Afinal, cuidar da saúde de nossos filhos é uma das nossas principais responsabilidades”! – Andreia Friques

www.andreiafriques.com.br@nutricionistamaternoinfanti