Mila Ensina

Categorias
Cursos da Mila

Mila Cozzi em Manaus – 16 e 17 de Abril

Olá Manaus !!!

Dia 16 e 17 de Abril estaremos juntas com dois cursos:

16/04 – 14:00 às 18:00 hs – Dia a dia FIT
17/04 – 09:00 às 13:00 hs – Novos Doces FIT

Nesse curso vocês vão aprender a cozinhar de verdade e a fazer pratos para o dia a dia com muito sabor e facilidade.
Uma comida saudável para ser saborosa precisa de técnica e é isso que vamos aprender! Vou compartilhar com vocês técnicas que utilizo em minha cozinha e como Chef Fit do meu restaurante: @ragam_restaurante!
Cada receita será apresentada em duas versões, uma mais simples e outra mais elaborada. Essa é a proposta do nosso dia a dia fit.
Vamos aprender ainda a organizar o cardápio semanal da família. Você sabe como congelar os alimentos de forma correta para não perder nutrientes e obedecendo as normas de segurança alimentar?
Todas as receitas apresentadas possuem opções de substituição de ingredientes.

Para inscrever-se, envie para manaus@milacozzi.com.br as seguintes informações: nome, e-mail, telefone, profissão e curso de interesse, que logo entraremos em contato.

Para demais informações: manaus@milacozzi.com.br

As vagas são limitadas, esperamos você!!

Beijinhos Mila Cozzi

Categorias
Kids Nutrição Sem categoria

Plantando para nossos filhos

A maior parte dos pais das crianças que atendo no consultório têm o mesmo objetivo: gostariam que os filhos vivessem de maneira mais saudável. Estão conscientes que precisam mudar o estilo de vida familiar, no entanto, perdem-se dentro de uma realidade já estabelecida às vezes ao longo de anos. De maneira geral, a grande maioria dos lares hoje precisa de ajustes, pensando nisso, algumas dicas práticas:
• Converse com sua família sobre a necessidade de, gradativamente, mudarem seus hábitos. As crianças têm uma capacidade de compreensão e percepção muito maior que imaginamos.
• Criança precisa ter horários! Organize a rotina da casa, hora do banho, de comer, brincar, estudar, dormir.
• Criança precisa dormir cedo! Isso evita uma série de transtornos, previne doenças, e diminui a necessidade de “beliscar” à noite.
• Mantenha alimentos saudáveis ao alcance dos olhos dos seus filhos.
• Faça uma reforma na despensa e geladeira. Jogue o “lixo” fora, não traga para casa, alimentos que sabidamente fazem mal como, biscoitos tipo chips, recheados, balas, chicletes, chocolates, molhos industrializados, açúcar refinado, gelatinas coloridas artificialmente, entre outros.
• Exclua o refrigerante da vida da sua família. Além de não trazer nenhum benefício à saúde, essa bebida possui inúmeros aditivos químicos como o temido ácido fosfórico que “rouba” nutrientes do organismo e pode levar a várias doenças.
• Evite, ao máximo, alimentos embutidos como, salsicha, salame, presunto, linguiça.
• Evite, ao máximo, caldos e temperos industrializados.
• Substitua pelo menos, alguns dias da semana, o arroz branco pelo integral.
• Prefira sucos naturais, pré-prepare algumas frutas, por exemplo, manga picadinha congelada em pequenas porções, maracujá batido com pouca água e congelado em forminhas de gelo, entre outras.
• Evite adicionar açúcar nas bebidas e quando for necessário, prefira o mascavo.
• Substitua o sal refinado pelo sal marinho integral, de preferência enriquecido com ervas e outros nutrientes.
• Estabeleça o dia da farra! Combinem um dia na semana (sugiro o domingo) para que as crianças escolham algo diferente que queiram comer. De preferência, façam essa refeição fora de casa ou comprem apenas a quantidade que será consumida nesse dia para evitar sobras.
• Acredite, dá para criar receitas saudáveis e deliciosas, como pizzas, bolos, vitaminas, usando ingredientes naturais e nutritivos.
• Se for possível, procure fazer pelo menos uma refeição ao dia em família. Sentem-se à mesa, conversem, compartilhem seus sentimentos.
• Jamais force a criança a comer ou estabeleça uma relação de chantagem com o alimento. Não vai ser pelo uso da força ou de ameaças que ela desenvolverá o gosto por alimentar-se bem, ao contrário.
• Alimentação é questão de hábito. Comece aos poucos, mas comece!
• Sobretudo, seja o exemplo!

Talvez hoje tudo isso pareça um grande desafio. Porém, quando abrimos a mente e o coração, nos conscientizamos que, se queremos viver com saúde, mais do que isso, se não queremos ver nossos filhos ainda jovens hipertensos, obesos, diabéticos e com várias outras doenças, precisamos tomar certas decisões agora. Não dá para continuar com a despensa repleta de verdadeiras porcarias e querer saúde, isso é utopia! Não se trata de “bronca de nutricionista”, mas da preocupação de alguém que deseja que no futuro, seus filhos continuem saudáveis, em casa, estudando, brincando.
Um dia, todos nós sentiremos na pele as consequências das decisões tomadas hoje. E pior, ou melhor, nossos filhos colherão os frutos plantados por nós.
Um abraço e até a próxima!

Categorias
Nutrição

Apresentação Bianca Innocencio

Eu sou Bianca Innocencio, vai ser um prazer poder dividir com vocês aqui no Site da querida chef Milla Cozzi um pouco do meu conhecimento!
Minha paixão pela nutrição nasceu movida pelo hábito da minha família. Em minha casa o investimento sempre foi na comida de verdade.
Depois de me formar em nutricionista conheci a Nutrição Funcional, que fez total sentido para mim: não ficar presa apenas a contagem de calorias. Tratar o todo, a individualidade bioquímica, rastrear as sensibilidades e procurar entender o que pode estar atrapalhando e congestionando o metabolismo. Conhecer cada pessoa e assim ajudar a montar o quebra-cabeça individual e trazer mais vitalidade e qualidade de vida.
Depois da Nutrição Funcional outros interesses vieram somar a minha formação: Nutrição esportiva, Fitoterapia, Ortomolecular e atualmente Gastronomia. São especialidades que agregam na minha prática clínica e nos projetos que desenvolvo.
Mande sugestões e perguntas, será um prazer trocar com você!

Bianca Innocencio-136

Categorias
Nutrição

A sensibilidade alimentar

Hoje quero falar de um assunto que causa muita confusão: a sensibilidade alimentar.

Existem dois tipos de sensibilidades:

A Intolerância a alimentos e as Reações alimentares imediatas ou tardias (Alergias alimentares e Sensibilidade Alimentar).

Define-se como intolerância alimentar a ausência ou deficiência de uma enzima digestiva que dificulta ou impossibilita a digestão de um grupo de alimentos. (como por exemplo a Lactose- açúcar do leite)

Na alergia alimentar, propriamente dita, ocorrem reações clínicas severas e bem definidas momentos após a ingestão do alimento, levando à produção de imunoglobulinas do tipo IgE. O exame para pesquisa de IgE específica, nestes casos, se positiva, determina a alergia imediata a determinado alimento. Este tipo de alergia merece muita atenção visto o risco que a ingestão do alimento pode trazer sintomas graves e rápidos.

A sensibilidade alimentar, a mais comum nos consultórios, por sua vez, provoca reação tardia, algumas horas ou dias após a ingestão do alimento causa. As reações não são tão fortes e também não parecem relacionadas à ingestão dos alimentos, por isso muitas vezes é difícil se associar certos sintomas crônicos como: fadiga, dor de cabeça, constipação, letargia, dificuldade em perder peso, síndrome do cólon irritável, complicações digestivas, dentre outros …a sensibilidade alimentar. Neste caso há a produção de imunoglobulinas IgG e o exame para a pesquisa de IgG específica para o alimento, quando positiva, determina a fonte de sensibilidade.

Para que haja melhora metabólica não basta retirar a fonte alimentar, precisa-se “tratar” a digestão e o intestino melhorando a permeabilidade intestinal e fornecendo probióticos (bactérias boas ) pois o equilíbrio do microbioma é fundamental no reparo e redução da sensibilidade alimentar.

Então fique atento, qualquer exclusão alimentar prolongada deve ser acompanhada por um nutricionista, se necessário ele poderá solicitar exames para checar se você possui realmente alguma sensibilidade.

Eu sou Bianca Innocencio, Nutricionista Funcional.

Categorias
Kids

Nunca use doces como recompensa

Olá Amores,

hoje mais uma matéria super interessante com a Nutricionista Materno Infantil Andréia Friques.

Bjs
Mila Cozzi

Recompensar um criança com um DOCE quando ela tem um bom desempenho na escola …

Chegar em casa tarde do trabalho com uma sacolinha de guloseimas ( para “compensar” sua ausência)…

Sugerir que se a criança RASPAR O PRATO ganhará uma sobremesa …

Oferecer uma caixa de bombom quando estiver doente, com apetite diminuído …

Etc …

Esses tipo de “recompensas” despertam, aumentam o interesse dos pequenos doces, “super valorizam” as guloseimas, viciam a criança e podem torná-la uma compulsiva alimentar quando maior !

Quer premiar o seu filho?

Leve-o a um passeio ao ar livre!

Façam um programa diferente!

Leia uma história nova!

Diga a ele palavras de incentivo e encorajamento!

Abrace-o bem apertado e declare todo o seu amor!

Usar DOCE como premiação é uma “CILADA” que, infelizmente, tem sido cada vez mais frequente em nossa sociedade.

By Nutricionista Materno Infantil
Andréia Friques

Categorias
Kids

Seu filho parou de comer?

Oi amores!
Esse é um tema que deixa as mamães angustiadas e eu também passo por isso.
Para nos ajudar, Andreia Friques – Nutricionista Materno Infantil da algumas orientações para
triblarmos essa fase.
Bjs
Mila Cozzi

Seu filho parou de comer?
Seu bebê adorava comer quiabo, pegava florzinha de brócolis na mão e, de repente, passou a odiar tudo isso? Já não é mais aquele guloso que comia toda hora? Faz birra na hora das refeições, só quer comer da maneira “tal” e só bebe no copo verde de bolinhas amarelas?
Recebo muitas mães desesperadas no consultório e nas redes sociais:
– Andreia, de uma hora para outra meu filho parou de comer! Socorro!!!
Acalme-se, talvez você, como eu, seja mãe de um mini-adolescente! Entre 18 meses e 3 anos a criança deixa de ser bebê e deseja afirmar sua independência a toda prova. Diversos autores denominam esse período de mini-adolescência, uma etapa normal no desenvolvimento de nossos filhos, na verdade, um período de transição, que como qualquer outro, requer cuidados.
Para aqueles que ainda não chegaram a essa fase, sugiro variarem o cardápio do bebê o máximo possível, oferecendo todos os tipos de alimentos, com sabores e apresentações diferentes. Quanto mais acostumada a alimentos azedos, sólidos, líquidos, frios, mornos, etc, menos seletiva a criança será quando essa temida fase chegar. Mas se seu filho já começou a dar sinais de que algo está “errado”, anote essas dicas (e espalhe para suas amigas também), elas podem ser valiosas para uma mãe irritada com a birra do mini-adolescente:
Ignore os acessos de birra;
Continue a oferecer a comida habitual e também, novos alimentos, como fazia até o momento;
Varie bem o cardápio, crie pratos diferentes, peça a ajuda dele no preparo da comida e montagem do prato;
Retire o que ele não comer sem fazer comentários (por favor, não demonstre estar “desesperada” mesmo que realmente esteja);
Não comente sobre isso na frente dele, não use expressões do tipo: – Meu filho parou de comer, não sei mais o que fazer com esse menino…. – Não isso, não aquilo. Nossos filhos estão muito atentos ao que falamos mesmo quando parecem brincar distraidamente.
Nunca force a criança a comer, bata ou dê punições por causa da alimentação.
Não ofereça presentes para que ele volte a comer. Chantagens não levam a lugar nenhum.
Sentem-se à mesa e comentem entre vocês sobre como a comida está gostosa, como vocês todos ficarão fortes e inteligentes porque estão comendo tudo!
Não compare a quantidade que seu filho come com os filhos de suas amiga, cada criança é uma, tem uma necessidade diferente das demais.
Lembre-se, até 1 aninho o ritmo de ganho de peso da criança e o crescimento eram muito acelerados. A partir dessa idade, as curvas de crescimento são mais estáveis e isso influencia na necessidade energética e na fome da criança.
Converse com o pediatra da criança ou nutricionista e observe como ele está na curva de desenvolvimento. Se estiver tudo bem, tranqüilize-se.
Por favor, não se desespere e comece a oferecer guloseimas no lugar de comida. Se cair nessa cilada, vai ser muito difícil retomar as rédeas da situação no futuro.
É melhor que ele coma em pouca quantidade alimentos saudáveis, que um “monte” de porcarias.
Acalme-se!!!! Ele vai sentir fome e voltará a comer! Prometo! Não conheço nenhuma criança que tenha ficado gravemente doente por ter pulado algumas refeições.

Mil beijos, não sofram demais por isso, ok? Qualquer coisa estou aqui, estamos juntas!!!

Bjs
Andrea Friques
@nutricionistamaternoinfantil

Categorias
Dicas da Mila

Cozinhando no vapor

Olá amores,

A partir de hoje vou compartilhar com vocês minhas técnicas culinárias. Essa é minha verdadeira paixão…e como sempre explico em meus cursos pelo Brasil…o que parece ser um detalhe faz toda diferença!

Hoje vou falar sobre a técnica de cozinhar no vapor!

Nesse tipo de cocção os alimentos sofrem pouca alteração, mantendo a cor, sabor e principalmente os nutrientes isso ocorre porque eles não ganham nem perdem água.

Sem dúvida é uma técnica de cocção super saudável porque você não adiciona óleo, o cozimento ocorre com o calor úmido que circula ao redor do alimento.

Sempre explico sobre quantidade de água dos alimentos em meus cursos e esse é um dos fatores mais difíceis de se trabalhar na gastronomia.

O que você precisa?

Basicamente de uma panela e de um escorredor de inox.

Coloque água na panela e deixe levantar fervura, depois coloque o escorredor de inox na panela, tampe e abaixe o fogo.

Não abra a panela durante o cozimento para não interromper a circulação do vapor e, consequentemente, o processo de cocção.

Corte os alimentos em pedaços não muito grandes para que o cozimento seja rápido e uniforme.

Não fique abrindo a tampa e respeite o tempo de cozimento de cada alimento .

Alguns exemplos de como eu faço:

Abóbora – 20 min

Aspargos – 10 min

Batatas – 20 min

Brócolis – 12 min

Cenouras – 15 min

Couve-flor – 12 min

Espinafre – 6/8 min

Repolho – 12 min

Espero que tenham curtido e qualquer dúvida deixem aqui nos comentários.

Beijinhos

Mila Cozzi.

Categorias
Kids

Missão: FILHOS !

Olá amores,

Esse é um tema que me fascina porque sou mãe e essa missão é um desafio a cada dia para mim!
O desafio de trabalhar e ao mesmo tempo cuidar da alimentação dos nossos pequenos;
O desafio de chegar cansada depois de um dia exaustivo de trabalho e ainda sentar com eles para fazer o dever de casa, contar uma história e colocá-los para dormir.
O desafio de querer acertar sempre (o que nem sempre conseguimos porque somos humanas);
Mas uma coisa é certa: não podemos desistir e delegar essa Missão que é nossa!

Com a palavra minha amiga Nutricionista Andrea Friques @nutricionistamaternoinfantil :

Nós PAIS somos os RESPONSÁVEIS por nossos filhos, mesmo nos dias atuais em que muitos precisam contar com o apoio de avós, parentes e diversos profissionais no dia a dia corrido que vivemos.
Delegar EDUCAÇÃO à escola, ESPIRITUALIDADE à igreja, VALORES à sociedade, LIMITES ao pediatra, ESCOLHAS ALIMENTARES às babás ou avós, e assim por diante, é um grande engano!
Essa rede de apoio que todos nós temos e de fato precisamos, deve ser exatamente isso: um APOIO, uma complementação ao que vivemos dentro de casa!
Criar um filho é a maior MISSÃO que temos nessa vida! Podemos ser profissionais bem sucedidos, fazer bem aos outros, exercer mil papéis, NADA DISSO diminui a responsabilidade que temos como MÃES E PAIS!
Amar, Educar, Ensinar valores, Ensinar a fazer escolhas, Limites e sobretudo, SER EXEMPLO é privilégio nosso!
Fugir dessa responsabilidade pode trazer consequências graves para nossas famílias e para a sociedade como um todo!
Que futuro queremos para nossos filhos?
O que estamos fazendo para isso?

Bjs
Andrea Friques
@nutricionistamaternoinfantil

Categorias
Kids

Por que não dar açúcar ao bebê?

Olá meus amores…esses temas infantis me encantam porque também sou mamãe de um pequeno de 4 anos e desde que ele nasceu (ou melhor, desde que descobri que estava grávida) eu lia muito sobre alimentação infantil e tudo que eu deveria fazer para ele ter hábitos saudáveis.
Vejo muitas mamães que colocam açúcar no suquinho dos bebê! Eu nunca coloquei!
Até hoje,eu tento não adoçar nenhum suco do meu pequeno, compro a fruta bem madura e o saquinho fica bem docinho. E quando não tem jeito uso o açúcar demerara. Mas NUNCA açúcar branco!
Tudo é questão de hábito e de tempo. Mas garanto que vale muito!!!!
Com a palavra a nossa querida Nutricionista Materno Infantil – Andreia Friques!

“Da barriga da mamãe aos 2 aninhos” a criança vive um período crucial para a formação de seus hábitos alimentares.

Nessa fase, o bebê está provando tudo. Ele vai aprender o que VOCÊ ensinar!

Açúcar branco é caloria vazia, não tem nenhum nutriente importante para o organismo.

Quando em excesso, aumenta muito a chance de obesidade, diabetes, câncer e várias outras doenças.

Entre 1 ano e meio e 3 o apetite dos pequenos diminui e eles entram numa fase chamada “MINI-ADOLESCÊNCIA”.

Muitos “param de comer” ou tornam-se seletivos.

Aqueles acostumados a comer açúcar, certamente, enfrentarão muito mais dificuldades nessa fase e a família sofrerá mais.

Quanto mais oferecermos os alimentos adoçados artificialmente, mais o bebê vai preferir esse tipo de alimento e mais difícil será introduzir outros sabores.

O açúcar mascara o sabor original do alimento e o bebê tende a recusá-lo quando oferecido da forma natural.

O carboidrato que nós precisamos para termos energia já está presente nas frutas e nos demais alimentos em quantidades suficientes.

Adicionar açúcar, ou produtos ricos em açúcar (como p. ex., muitos engrossantes existentes no mercado), às preparações, é começar a vida dele com excessos, e, no futuro, poderemos nos arrepender! .
Seu bebê é uma página em branco! Cuidado com o q vc escreverá nos primeiros capítulos dessa história!

Beijos
Andreia Friques
@nutricionistamaternoinfantil

Categorias
Kids Sem categoria

Seu filho come mal? Então saiba 7 atitudes que podem mudar o rumo dessa história!

Seu filho come mal? Então saiba 7 atitudes QUE PODEM MUDAR O RUMO DESSA HISTÓRIA!

Agora, aqui no site, um post imperdível da @nutricionistamaternoinfantil

Esse menino não come!
Ela é ruim de boca mesmo!
Não tem jeito!
Eu já fiz de tudo, chega!
Ele odeia frutas!
Se você comer a verdura, ganha a sobremesa.
Se não raspar o prato, ficará de castigo!
Ela isso, ele aquilo”….
Muitas vezes, a rotina de cuidados diários às crianças, nos faz perder a noção do quanto nossas PALAVRAS e ATITUDES influenciam a vida de nossos filhos.
Recebo frequentemente no consultório papais e mamães de crianças de todas as idades, extremamente angustiados com seus hábitos alimentares.

Uma das coisas que mais enfatizo em nossas conversas: MUITO DO QUE FALAMOS E FAZEMOS INTERFERE NAS ESCOLHAS ALIMENTARES DA CRIANÇA!

Por isso, se você quer estabelecer uma relação POSITIVA entre seu filho e a COMIDA, sugiro:

• Diga sempre palavras de otimismo e encorajamento!
• Não faça da comida uma moeda de troca!
• Não humilhe seu filho com palavras e atitudes.
• Não subestime a capacidade de melhora dele.
• Não projete na criança SUAS EXPECTATIVAS.
• Não minta!
• Seja o exemplo!
Estamos juntos, buscando mais saúde para a nossa família!

Grande beijo,
Andreia Friques
@nutricionistamaternoinfantil

E ai amore…o que acharam?
Vamos debater o assunto e sugerir novos temas?
Queremos a participação de todos vcs!
Beijinhos,
Mila Cozzi
@milacozzi

Categorias
Kids

Apresentando: Andreia Friques ( Nutricionista Materno Infantil)

Agora minha querida amiga e parceira Andreia Friques tem um cantinho especial para falar com a gente aqui no site..vamos tratar de vários assuntos importantes relacionados a alimentação materno infantil (e sou suspeita rs porque AMO esses temas afinal, sou mãe também)! Aceitamos sugestões dos próximos temas!

Com muito carinho apresento para vcs: Andreia Friques @nutricionistamaternoinfantil

Andreia Friques é Nutricionista Materno Infantil e Enfermeira Neonatal. Desde 2002, atua na área da Saúde da Gestante, Criança e Adolescente. Possui consultório com atendimento exclusivo a esse público em Vitória ES. É palestrante, escritora, pesquisadora da Alimentação Materno Infantil e está concluindo um Mestrado na área da fisiologia.

Andreia estudou Nutrição para tentar ajudar sua filha, que possuía necessidades especiais de alimentação. Decidiu focar seus estudos e trabalho nessa área, com o objetivo de ajudar a transformar a vida de milhares de crianças em todo o mundo.

“Sem dúvidas, uma alimentação equilibrada, variada e saudável, desde a barriga da mãe, é fundamental para um melhor desenvolvimento físico, mental e emocional de nossos filhos. Hábitos alimentares inadequados trazem, a médio e longo prazo, doenças, transtornos e traumas. Por outro lado, bons hábitos alimentares previnem doenças, trazem saúde e realizações. Sou mãe como vocês e sei que, muitas vezes, a gente pensa que não vai dar conta do recado. Porém, por mais que a “vida moderna” nos imponha um ritmo frenético de trabalho e compromissos, eu acredito que é possível sim, fazermos a diferença na vida alimentar de nossos filhos. Conheci Mila Cozzi no meu consultório em 2014! Desde então, compartilhamos nossas experiências enquanto mães e profissionais com um objetivo em comum: mostrar ao mundo que podemos ser bem sucedidas em nossas carreiras, sem abrir mão de cuidar da saúde da nossa família! Aproveite as dicas, organize-se, tenha paciência e perseverança! Afinal, cuidar da saúde de nossos filhos é uma das nossas principais responsabilidades”! – Andreia Friques

www.andreiafriques.com.br@nutricionistamaternoinfanti

Categorias
Dicas da Mila

Planejamento e organização: dupla de sucesso!

Olá gente linda!

Hoje o post é sobre um tema que eu adoro: Planejamento!

Muitas pessoas dizem que não entendem como eu consigo fazer tantas coisas ao mesmo tempo e ainda cuidar da minha alimentação e da minha família…posso responder com uma única palavra: organização! Sem isso eu não conseguiria fazer a metade do que eu faço.

Mas como iniciar?

Primeiro: Planejamento

Você precisa planejar como será o seu cardápio semanal. Se você tem um plano alimentar fica mais fácil, se não tem precisa montar um cardápio. E as crianças? E o marido?

Sei que não é tarefa fácil, ainda mais quando o cardápio não é único, mas não desista! Vamos em frente.

Aqui em casa eu faço assim:

Sigo o meu plano alimentar – todo domingo faço uma lista de compras de acordo com ele e na segunda vou ao supermercado/hortifruti.

-Batata doce pré cozinho e congelo (super facilita porque depois coloco direto para gratinar e não preciso me preocupar em descasar e dar aquela aferventada antes de ir para o forno)

-Frango desfiado para as receitas (sempre tenho, isso não pode faltar, quebra um super galho)

-Hambúrguer de patinho: sempre tenho congelado (super prático de fazer e uma ótima opção para lanches e refeições principais)

-Arroz integral : sempre tenho congelado

-Feijão: sempre tenho congelado

-Folhas para a saladas e tomatinhos: sempre lavados e higienizados (prontinhos para o consumo)

-Frutas picadas: as frutas são consideradas alimentos preparado e como tal, podem ficar na geladeira até 3 dias com segurança (deixo apenas 2 – de 2 2m 2 dias pico mais frutinhas)

O meu marido come quase a mesma coisa, às vezes dou uma incrementada no dele, mas o principal é igual.

Meu filho (4 anos): esse tem um cardápio separado e também faço uma listinha no domingo e na segunda compro tudo. (farei um post separado sobre os pequenos – como planejo o cardápio – como organizo as comidinhas).

 

Então já sabemos do que precisamos:

–      Cardápio

–      Listinha

–      Supermercado

–      Pré preparos

 

Teremos mais conteúdos sobre esse tema, o que acharam?

Me dê o seu feedback … é muito importante para o aprimoramento de um trabalho que desenvolvo com muito amor!

Beijinhos,

Mila Cozzi

 

 

 

Categorias
Dicas da Mila Sem categoria

Tábuas de corte e segurança alimentar

ArquivoExibir-1.aspxArquivoExibir.aspx

 

E como prometido no post anterior vamos aos novos conteúdos…vou compartilhar com vocês meus estudos e pesquisas nas mais diversas áreas relacionadas a uma vida saudável!

Sou fascinada pela segurança alimentar e tudo que envolve o tema, vejo muitas pessoas se preocupando em fazer dietas, mas não sabem o básico de uma vida verdadeiramente saudável.

Os novos conteúdos estarão divididos entre o instagram e o meu site o www.milacozzi.com.br que é a minha biblioteca on line com vocês. 

Então, vamos falar um pouquinho de Contaminação Cruzada e as tábuas de corte. Na faculdade trabalhamos com várias cores de tábuas de corte, cada uma para um tipo de alimento. Em casa nem sempre conseguimos ter tantas tábuas, mas no mínimo 3 entendo como fundamental. Essas são as minhas! Da marca @neoflambrasil com sitema Microban que impede o crescimento de bactérias mesmo com as fissuras causadas pelas facas!

A azul utilizo para frutas e vegetais;

A rosa para carnes em geral;

A verde para pães.

Tábuas de corte disponíveis no mercado:

–       madeira

–       vidro

–       polietileno

–       bambu

Em relação as tábuas de corte a superfície deve ser lisa, impermeáveis, sem frestas ou poros que possam atrapalhar a higienização dos utensílios.

De madeira: a Anvisa proíbe bares e restaurantes de utilizarem em função da proliferação de bactérias nas fissuras causadas pelas facas. Essa opção não existe na minha cozinha.

Vidro: quanto a parte da contaminação não há contra indicação. Porém, para mim não é a melhor opção, primeiro porque quebram com facilidade e segundo que destroem as facas e tenho muito amor pelas minhas rs.

Polietileno: acho as mais fáceis de manusear, limpar e como opção de várias cores consigo maior higiene e segurança na minha cozinha.

Bambu: confesso que recebi as minhas mas ainda não tive tempo de testá-las. São comercializadas como tábuas bem higiênicas, pois o Bambu é resistente à propagação de bactérias. A @neoflambrasil também comercializa esse tipo de tábua. 

 A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que os alimentos crus fiquem separados dos cozidos.

Ministério da Saúde indicam que alimentos crus, como ovos e carnes vermelhas, são responsáveis por 34,5% dos surtos de doenças transmitidas por alimentos que ocorrem no Brasil. 

Vida saudável é um conjunto de fatores…vai muito além de não comer isso ou aquilo!

Pensei nisso!

Grande beijo, Mila Cozzi

Categorias
Segurança Alimentar

Você sabe higienizar corretamente os alimentos?

 

Olá pessoal…

Hoje trouxe um tema pelo qual sou apaixonada e aplico bastante no meu trabalho e no meu dia a dia: Segurança Alimentar. Tema de extrema relevância e que merece nossa atenção…afinal, Alimentação Saudável engloba uma série de etapas:

– escolha dos melhores ingredientes;

– escolha dos utensílios que serão utilizados;

– pré preparo;

– o preparo em si;

– o armazenamento;

– congelamento e descongelamento;

– validade.

Enfim, como podem ver o tema é sério e requer cuidados.

Então, vamos lá…

Passo 1: Retire as partes deterioradas das frutas e vegetais.

Passo 2: Lave todas as partes em água corrente.

Passo 3: Em um recipiente coloque 1 litro de água e 1 colher de sopa de hipoclorito de sódio com concentração entre 2,0 a 2,5% .

Passo 4: As frutas e vegetais precisam ficar imersos na solução que você preparou.

Paso 5: Deixar em imersão por 15/20 minutos.

Passo 6: Após esse tempo, enxágue bem os alimentos, mas CUIDADO, enxágue em água LIMPA caso contrário, você estará contaminando os alimentos com água suja ( a não ser que você possua água filtrada na torneira da sua pia…ai ok). O enxágue é necessário para remover o resíduo químico!!! Existem produtos no mercado que não necessitam. Vou mostrar abaixo.

Passo 7: Para que durem por mais tempo, o ideal é secá-los com papel toalha e depois armazená- los em potes individuais.

foto 3

Não esqueça que higienizar corretamente os alimentos também é saúde! Já vi muita gente apenas “lavando” em água corrente!!! Lavando o quê??? Nada! Está na verdade contaminando com água inadequada.

foto 4

Gosto muito de usar esse produto abaixo pelo fato dele ser sem enxágue, o que facilita a nossa vida e a nossa rotina.

foto

Espero que o post tenha sido útil e que vocês apliquem em casa.

Beijinhos,

Mila Cozzi.

 

Categorias
Dicas da Mila

Minha listinha de compras da semana

Oi pessoal … como sempre falo para vocês Planejamento e Organização é o SUCESSO, não só na dieta, mas na VIDA! Alguém duvida disso? Com tudo planejado as chances de dar tudo certo é aumentam significativamente. Uma dica de ouro: nunca vá ao supermercado sem uma listinha, você vai gastar menos e não vai esquecer de nada que realmente precisa.

Categorias
Dicas da Mila

Os Super Alimentos que Retardam o Envelhecimento

Embora a genética desempenhe um papel importante na determinação da velocidade que nós envelhecemos, os fatores ambientais desempenham um papel ainda maior. Fatores ambientais incluem clima, toxinas que estamos expostos e o fumo passivo. Mas, os fatores ambientais também incluem as escolhas do estilo de vida. Essas são decisões que nós escolhemos fazer – ou não. Isso inclui se nós fumamos ou fazemos exercícios.  Mas a escolha mais importante nós fazemos todos os dias, é o que e quanto nós comemos. Essas escolhas podem, literalmente, afetar a nossa velocidade de envelhecimento.

A qualidade das nossas calorias é tão importante quanto à quantidade. Nossas escolhas alimentares devem ser carregadas com o maior valor nutricional por caloria.

Alimentos altamente processados e refinados (farinha branca, arroz branco, açúcar branco e macarrão) são carregados com calorias, mas sem valor nutricional.

Segue a lista com os grupos de alimentos ricos em antioxidantes e nutrientes densos para um Envelhecimento Positivo que pode ajudar a reduzir seu relógio enquanto você está tentando ou não perder peso.

 

1. Frutas anti-envelhecimento: embora todas as frutas sejam em geral, excelentes fontes de nutrientes anti-envelhecimento, romãs, blueberries, ameixas e uvas roxas. As romãs se destacam, pois contêm a forma mais concentrada de antioxidantes das frutas. As ameixas contém boro, um mineral pensado para desempenhar um papel chave na prevenção da osteoporose. Junto com as ameixas, as uvas roxas também contêm componentes fenólicos. Essas ricas reservas de antioxidantes reduzem a incidência de doenças do coração por redução do processo de oxidação e por baixar os níveis do colesterol LDL.

Blueberries contém componentes que não só evitam a perda dos prejuízos da memória e da coordenação motora decorrentes da idade, mas podem realmente ajudar a reverter o processo. As unidades contêm antocianina, um antioxidante que triplica o poder da vitamina C. Esse fitoquímico é conhecido por bloquear o envelhecimento celular causador do câncer e os efeitos de muitas doenças relacionadas à idade. Frescas ou secas, ameixas e uvas estão disponíveis durante o ano todo e oferecem uma maneira deliciosa de proteger o organismo contra os radicais livres, cânceres e outras doenças do coração.

2. Vegetais anti-envelhecimento como tomate, abóbora, espinafre e outros folhosos verdes são excelentes fontes de lipídeos solúveis antioxidantes, significando que eles são armazenados no organismo. Os vegetais ricos em carotenóides (identificados por sua típica cor laranja-amarelado) são, talvez, os mais conhecidos por sua capacidade em ser convertidos em vitamina A, um aliado poderoso no anti-envelhecimento. Essencial para a saúde da visão, a vitamina A desempenha vários papéis na manutenção dos tecidos. É um poderoso antioxidante com efeitos que aumenta a função do sistema imune, oferecendo proteção contra queimaduras solares e inibindo o desenvolvimento de certos tipos de cânceres. A vitamina A está envolvida também na formação e manutenção da saúde da pele e do cabelo.

3. Os grãos inteiros são uma poderosa fonte de nutrientes anti-envelhecimento. Eles contêm muitos dos mesmos antioxidantes encontrados em frutas e vegetais. Do fubá até o trigo e o arroz integral, os grãos inteiros são variados na forma e sabor e rico em proteínas, carboidratos complexos e fibras.

4. Salmão e linhaça contém ômega 3, ácidos graxos essenciais. Já que nosso corpo não os produzem, eles são essenciais e nós devemos incluí-los na nossa dieta.  Além de ajudar no nosso humor e função do cérebro, os ômega-3 são vitais para uma pele, cabelo e coração saudável. Além de peixes de água fria, como salmão, arenque e cavala, que são excelentes fontes, o ômega-3 também é encontrado em algas marinhas, agrião, semente de linhaça, nozes e amêndoas.

5. Leguminosas. O grupo mais barato de alimentos anti-envelhecimento tem benefícios inestimáveis. Centenas de feijões, ervilhas, amendoim e lentilhas pertencem à família das leguminosas. Uma excelente fonte de fibras, as leguminosas também são ricas em ácido fólico, cálcio, ferro, potássio, zinco e antioxidantes.  Além disso, suas proteínas e carboidratos complexos fornecem energia por horas.

A família do feijão tem uma incomparável quantidade de fibras solúveis. Uma porção diária de feijões cozidos pode baixar os níveis sanguíneos de colesterol em até 18%, diminuindo assim o risco de doença cardíaca. A maioria das leguminosas contém proteases inibitórias. Outras leguminosas, como amendoim, contém resveratrol, um antioxidante que combate as doenças cardíacas por diminuir a oxidação do colesterol LDL e prevenir a coagulação do sangue. Amendoins também contêm fitoesteróis, que desempenham um papel protetor no combate ao câncer.

6. Nozes e sementes são adições bem vindas em uma dieta anti-envelhecimento. É verdade que a maior parte de suas calorias são de gorduras, sendo o que nós precisamos para uma saciedade inteligente. Mas, em conjunto com uma dieta de frutas e vegetais frescos, proteína magra e grãos inteiros, as nozes e sementes promovem proteção contra doenças cardíacas e uma possível redução da pressão sanguínea. Elas também são ricas em proteínas e muitas das nozes também contém gorduras essenciais como o ômega 3.

Como amendoim, abacate e alimentos a base de soja, muitas nozes e sementes também contém fitoesteróis, os “clones do colesterol”. Os fitoesteróis não só promovem a saúde cardíaca mas também são pensados para retardar a produção celular no intestino grosso, possibilitando assim a prevenção do câncer de colo.

7. Chá e cacau: ambos, tanto o chá verde e preto são excelentes fontes de potentes polifenóis, fortes antioxidantes com benefícios cardioprotetores, incluindo diminuição na absorção do colesterol, diminuição da atividade plaquetária e redução na oxidação do LDL colesterol. O chá verde também aparece para combater algumas células cancerígenas.

Grama por grama, o cacau em pó natural apresenta a maior concentração de antioxidantes de todos. Os antioxidantes que eles contêm ajudam a reduzir as doenças cardíacas. Eles também são responsáveis pela dilatação do vaso sanguíneo, promovendo o fluxo sanguíneo e reduzindo o risco de doenças cardíacas.

8. Azeite de oliva: Essa gordura saudável contém a maioria dos melhores nutrientes anti-envelhecimento. A primeira pressão ou azeite extra virgem tem uma alta concentração de vitamina E, ômega 3 e muitos antioxidantes. Escolha o azeite extra virgem para pratos prontos. Os azeites de oliva não extra virgens contém baixas concentrações de nutrientes anti-envelhecimento, mas eles resistem a altas temperaturas, necessárias para o cozimento. Eles também têm um sabor suave e podem ser usados em doces. Como outras gorduras boas encontradas no abacate e em nozes e sementes, o azeite de oliva é rico em calorias, devendo ser utilizados em pequenas quantidades,

coordenação motora decorrentes da idade, mas podem realmente ajudar a reverter o processo. As unidades contêm antocianina, um antioxidante que triplica o poder da vitamina C. Esse fitoquímico é conhecido por bloquear o envelhecimento celular causador do câncer e os efeitos de muitas doenças relacionadas à idade. Frescas ou secas, ameixas e uvas estão disponíveis durante o ano todo e oferecem uma maneira deliciosa de proteger o organismo contra os radicais livres, cânceres e outras doenças do coração.

 

9. Especiarias e ervas: Uma grande variedade de especiaria e ervas são essenciais na despensa anti-envelhecimento. A canela contém um componente que torna mais sensíveis a insulina. Açafrão contém um potente antioxidante com propriedades anticarcinogênicas e os oréganos têm benefícios antibióticos. Outros temperos ricos em antioxidantes incluem cominho, alho, lavando, hortelã, cebola, alecrim e açafrão.

Por: Dra. Bruna S. Burti

Nutricionista formada pelo Centro Universitário São Camilo. Especializada em Suplementação: Prescrição de nutrientes e fitoterápicos na prática clínica e esportiva. Pós-Graduada em Nutrição Ortomolecular. Pós-graduanda em Nutrição Esportiva Funcional

Nutricionista CRN3-28101